Tuesday, 20 November 2012

Feliz Aniversário, Prince Charles

Oi gente!

Como todos vocês sabem, na última quarta-feira, dia 14 de Novembro foi o aniversário do próximo Rei da Inglaterra. Prince Charles completou 64 anos e é o filho mais velho de Elizabeth II, Rainha da Inglaterra e do Prince Philip.

Um resumo...
O Príncipe nasceu no Palácio de Buckingham no dia 14 de Novembro de 1948, às 21h14min e foi batizado como Charles Philip Arthur George. Uma proclamação foi colocada nas grades do Palácio um pouco depois da meia noite, dizendo que Sua Alteza Real, a Princesa Elizabeth havia dado a luz à um menino e que ambos passavam bem. Logo após foi anunciado que o bebê pesava 3,340kg.

A Rainha observa Charles, recém nascido

Quando, da ascenção da Rainha Elizabeth em 1952, ele tornou-se herdeiro aparente ao trono com apenas três anos de idade, e automaticamente, entitulou-se Duke of Cornwall, graças a uma norma do Rei Edward III datada de 1337, que dá este título ao filho mais velho do soberano. Ele também tornou-se Scottish Peerage, Duke of Rothesay, Earl of Carrick e Baron Renfrew, Lord of the Isles, Prince and Great Steward of Scotland (Aristocrata Escocês, Duque de Rothesay, Conde de Carrick e Barão Renfrew, Lord das Ilhas e Grã-Administrador da Escócia).

O Príncipe foi nomeado "Príncipe de Gales e Conde de Chester" (Prince of Wales e Earl of Chester), em 26 de Julho de 1958. Embora as investiduras eram tradicionalmente no Parlamento, e nem todos os Príncipes de Gales foram investidos, a investidura do atual Príncipe de Gales (como o do seu antecessor, Príncipe Edward, futuro Rei Edward VIII, em 1911) foi uma ocasião de Estado. Ela aconteceu em um Castelo de Gales, diante da população Galesa. A cerimônia foi no Caernarfon Castle em 1º de Julho de 1969.

No dia 29 de Julho de 1981, o Príncipe de Gales casou-se com Lady Diana Spencer na St. Paul's Cathedral (Catedral de São Paulo), que tornou-se Sua Alteza Real, A Princesa de Gales.
Diana nasceu em 1º de Julho de 1961, na Park House, Sandringham (Estado cuja propriedade é da Rainha), Norfolk. Ela morou lá até a morte do seu avô, o 7º Conde, quando a família se mudou para a Althorp House em Northamptonshire. O pai de Diana, Visconde Althorp e depois 8º Conde Spencer foi estribeiro tanto do falecido Rei George VI quanto da Rainha Elizabeth. Sua avó materna, Ruth, Lady Fermoy, era uma grande amiga da dama de companhia da Rainha Mãe.

O Príncipe e a Princesa de Gales tiveram 2 filhos: Príncipe William, nascido em 21 de Junho de 1982 e Príncipe Harry, nascido em 15 de Setembro de 1984. Durante seu casamento, os Príncipes de Gales fizeram diversas viagens ao exterior e compareceram a muitos compromissos do Reino Unido.

No dia 9 de Dezembro de 1992, o Primeiro-Ministro Britânico, John Major, anunciou à Câmara dos Comuns que Charles e Diana concordaram em se divorciar. O casamento terminou, oficialmente, em 28 de agosto de 1996. A Princesa ainda era vista como membro da Família Real. Ela continou a viver no Palácio de Kensington e continuou ajudando diversas instituições de caridade.

Quando a Princesa foi morta em um acidente de carro em Paris em 31 de Agosto de 1997, Charles voou até Paris com as duas irmãs de Diana para trazer seu corpo de volta à Londres. A Princesa ficou na Capela Real do Palácio de St. James até a noite anterior do seu funeral. No dia do funeral, o Príncipe de Gales, acompanhado pelos filhos de 15 e 12 anos na época, caminharam atrás do caixão de Diana do The Mall (aquela longa Avenida que desemboca no Palácio de Buckingham) até a Abadia de Westminster. Com eles estavam também o Príncipe Philip, Duke of Edinburgh e o irmão da Princesa, Charles, o Conde Spencer.

O Príncipe de Gales pediu à mídia que respeitasse a privacidade dos seus filhos e permitisse que eles tivessem uma vida escolar normal. Nos anos seguintes, William e Harry, 2º e 3º respectivamente na linha de sucessão ao trono, acompanharam o pai em eventos oficiais no Reino Unido e no exterior.

O Príncipe de Gales casou-se com a Srª. Camilla Parker Bowles no dia 9 de Abril de 2005 em uma cerimônia civil no Guildhall em Windsor, seguido de uma bênção na Capela de St. George no Castelo de Windsor. Após o casamento, a Srª Parker Bowles ficou conhecida como Sua Alteza Real, a Duquesa da Cornualha. (Vale lembrar que Camilla também detém o título de Princesa de Gales, porém não o utiliza em respeito à Diana). Quando o Príncipe de Gales for coroado Rei da Inglaterra, ela irá ser chamada de Sua Alteza Real, a Princesa Consorte.


Infância...
O Príncipe Charles morou no Palácio de Buckingham, onde nasceu, até os 8 meses de idade. Seus pais, a Princesa Elizabeth e o Duke of Edinburgh mudaram-se para a Clarence House. A Princesa Anne, agora Princess Royal, nasceu no dia 15 de Agosto de 1950, e as crianças tinham 2 babás, Helen Lightbody e Mabel Anderson.

Charles dá um beijo em Anne, recém nascida.
O Rei George VI morreu em 6 de Fevereiro de 1952, e sua filha mais velha, Princesa Elizabeth, tornou-se Rainha. O Príncipe, de 3 anos, era agora, o Herdeiro do trono. Logo após a Páscoa de 1952, a Rainha e sua família se mudaram para o Buckingham Palace. Em 2 de Julho de 1953, o Príncipe foi à Cerimônia de Coroação da sua mãe, na Abadia de Westminster.

A Rainha Mãe, Charles e Princess Margaret na Cerimônia de Coroação

No dia 10 de Maio de 1955, o Palácio de Buckingham anunciou que o Príncipe iria a escola em vez de ter um tutor privado, como todos os outros herdeiros ao trono tiveram.

O Príncipe Andrew, Duke of York, nasceu em 19 de Fevereiro de 1960, e o Príncipe Edward, Earl of Wessex em 10 de Março de 1964.

(Esq. p/ Dir.) Prince Philip, Prince Andrew, Rainha Elizabeth com Prince Edward no colo,
Princess Anne e Prince Charles atrás.
Durante os feriados e férias, a família ia para Balmoral, na Escocia de propriedade da Rainha ou para Sandringham em Norfolk, o que permitiu ao Príncipe a oportunidade de desenvolver o amor pelo campo e pelo meio ambiente.


Emblemas...
As Plumas (emblema do Príncipe de Gales) compreendem 3 penas prateadas (ou brancas) em cima de uma coroa de ouro que alterna cruzes e flores-de-lis. O lema: Ich Dien - Eu sirvo vem escrito em uma faixa azul.
O uso deste emblema na heráldica real vem da época de Edward, Príncipe de Gales (o Príncipe Negro), do século XIV.
Especialistas em heráldica, acreditam que as plumas eram usadas pela família da mãe de Edward, Philippa de Hainault, mas o lema Ich Dien deriva do brasão de armas do Rei da Bohemia (atual República Tcheca)



Emblema Oficial do Príncipe de Gales
Brasão de Armas:



O Brasão de Armas de Charles tem conexões antigas com a heráldica e seus antecessores. O escudo principal é o Brasão de Armas Real do Reino Unido. Ele é usado desta forma desde o reinado da Rainha Victoria. O brasão é marcado com um selo branco para indicar que ele está a serviço do filho mais velho do Soberano.
Existe um escudo menor dentro do grande, que representa o brasão de armas dos Príncipes originalmente nativos de Gwynedd (território do País de Gales). Este pequeno escudo possui a Coroa do Herdeiro Aparente acima. Na heráldica, a coroa do herdeiro aparente é igual da do soberano, com a única diferença de que a do soberano possui dois arcos e a do herdeiro um.

Ao redor do brasão maior, podemos ver o lema da Order of The Garter. Leia mais sobre a Ordem clicando aqui.

Noivado e Casamento com Diana:
Charles pediu a mão de Diana em casamento em Fevereiro de 1981, e eles se casaram na St. Paul's Cathedral em 29 de Julho. O casal foi morar no Kensington Palace e tiveram dois filhos William e Harry. O divórcio do casal foi anunciado em 1992 (annus horribilis) e divorciaram-se oficialmente em 1996.








2º Casamento:
No dia 10 de Fevereiro de 2005, a Clarence House anunciou que o Príncipe Charles iria casar-se com a Srª. Camilla Parker-Bowles, o que aconteceu no dia 8 de abril do mesmo ano. No dia 4 de abril, foi anunciado que o casamento seria adiado para o dia 9 de abril, devido à morte do Papa João Paulo II. A cerimônia ocorreu no Castelo de Windsor e foi uma celebração extremamente reservada.









GOD SAVE OUR GRACIOUS QUEEN!

Friday, 9 November 2012

Remembrance Day

Olá monarquimaníacos!

Como vocês estão? Espero que ótimos!
Para o tema de hoje, escolhi o Remembrance Day, que foi oficialmente aberto ontem, mas a comemoração oficial ocorrerá apenas no Domingo.

O Remembrance Day (Dia da Lembrança) é geralmente celebrado no segundo Domingo do mês de Novembro no Cenotaph, em Whitehall, Londres. O feriado serve para prestar homenagens àqueles que deram suas vidas pelo Império Britânico na 1ª Guerra Mundial. A data foi criada pelo Rei George V no dia 7 de novembro de 1919.

O Cenotaph é um monumento de Londres. É um túmulo vazio que foi erguido para homenagear todos os mortos da Primeira Guerra. No Cenotaph podemos encontrar a inscrição: "The Glorious Dead" (A Morte Gloriosa)

Cenotaph
Em todos os anos, comparecem à cerimônia a Rainha e outros membros da Família Real. Além do evento principal do Domingo, eles também vão em outros eventos que ocorrem durante a semana.
Em 2012, os eventos serão os seguintes:

Quinta-Feira, 8 de Novembro: O Prince Philip, Duke of Edinburgh irá à uma Cerimônia na Abadia de Westminster para abrir oficialmente as comemorações. Sua Alteza Real irá depositar Coroa de Flores (Crisântemos Vermelhos - flor típica da data! Falaremos dela já já) em frente ao túmulo do soldado desconhecido (Unknown British Soldier - que homenageia os soldados britânicos mortos nas guerras), em frente à duas cruzes de madeira: uma para a 1ª Guerra Mundial e outra para a 2ª Guerra Mundial. Após o Príncipe colocar a última coroa de flores, haverá 2 minutos de silêncio.

Túmulo do Soldado Desconhecido

Sábado, 10 de Novembro: A Rainha e o Príncipe Philip, além de outros membros da Família Real, irão ao Festival Anual da Lembrança no Royal Albert Hall. Veja vídeos do Festival dos anos passados:




Domingo, 11 de Novembro: A Rainha e outros membros da Família Real Britânica depositarão coroas de flores no Cenotaph


A Rainha deposita sua coroa de flores no Cenotaph


Agora, vamos a alguns detalhes do Remembrance Day!

O crisântemo vermelho (conhecido por lá como "red remembrance poppy") se tornou um símbolo popular do Dia da Lembrança graças ao poema "In Flanders Fields" escrito na 1ª Guerra Mundial por um oficil. As poppies cresciam ao longo de um dos piores campos de batalha de Flanders na 1ª Guerra. Sua cor que era um vermelho muito brilhante acabou representando o sangue dos soldados da guerra.



Os participantes dos eventos costumam usar uma Poppy como um broche, veja:

Princess Catherine

Prince Charles & Princess Camilla

Prince Philip 
Princess Diana & Princess Anne

Queen Elizabeth

Prince William
Por ser um dia de lembrança àqueles que morreram pelo país, o traje sugerido é o preto. Os oficiais das Forças Armadas, devem estar trajando seus uniformes com condecorações.

Para terminar, um vídeo super fresquinho da Rainha Elizabeth visitando a fábrica onde são feitas as poppies, que completa 90 anos este ano.


Que nós possamos nos orgulhar daqueles que morreram na guerra para salvar sua nação!

GOD SAVE OUR GRACIOUS QUEEN!